outra vez as luzes

Outra vez um problema nas luzes.
Já a noite tinha caído há um bocado quando, a regressar de uma cache perto das salinas de Rio Maior, precisei do máximos e… apagou-se tudo.
Mau… voltei a experimentar, mais devagarinho, só naquela… mas não. Os médios desligavam-se quando ligava os máximos.
Ora, não era grave, ao fim e ao cabo, os médios servem muito bem. E depois vê-se o que se passa, quando o Ideias vier de férias.
Pois servem, os médios servem, mas no dia seguinte a história inverteu-se, assim de repente.
Ligava os médios e nada. Mas o máximos sim, já acendiam. Mas gaita, era de noite e na Ericeira o movimento ainda é algum para andar ali a espantar e encandear a malta. Nem desligando e saindo do carro, voltando a entrar e voltando a ligar, funcionou. Bem, era uma questão de esperar por uma hora mais calma para ir para casa. Era fácil. Estava com o Lobo, o tempo passaria rápido. Depois de umas belas tostas na Galiota, seguiu-se um passeio, o café e uns copitos enquanto jogámos um snooker. Três da manhã e sigo até à Póvoa da Galega de mínimos acessos sempre no encalço do novo Golf do Daniel, que se prontificou obviamente a ajudar-me.
No dia seguinte prometi que não iria andar de noite, mas o passeio com os amigos Oliveiras e o Costa por arredores de Montemor estava delicioso e foi fácil chegar ao lusco-fusco. Lusco-fusco que nos obrigou a parar (numa geocache ali à babuja). A parar para pensar.Depois de verificados os fusíveis e luzes, chegou-se à brilhante conclusão que seria mesmo da manete das luzes e que era necessário arranjar uma ideia para solucionar o problema.
A ideia que surgiu foi esta:

Vou registar a patente para as palas dos farois! Pois aquilo resultou em grande e os muitos kms até casa foram pacíficos, tanto para mim, como para quem se cruzava com o Range.
Foi tudo muito engraçado, mas o que é certo é que foram alguns dias limitado de horários para não chegar a casa de noite.
Até que a manete chegou hoje, e o Ideias em menos de meia hora colocou aquilo a funcionar que foi uma maravilha. Mãozinhas milagrosas. Obrigado Ideias.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Land Rover. ligação permanente.

Uma resposta a outra vez as luzes

  1. Costa diz:

    Não há nada que uma boa dose de imaginação não remedei.Fizemos a viagem de volta de Montemor na maior da calmas e sem importunar que se cruzava connosco, aliás vimos muitas viaturas que mesmo de médios incomodavam.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s